Menu Categorias
Conheça as principais mudanças que ocorrem na adolescência e fique preparado para lidar com adolescentes

Conheça as principais mudanças que ocorrem na adolescência e fique preparado para lidar com adolescentes

Por: Marcia Belmiro | Adolescentes | 31 de outubro de 2017

É muito comum que uma criança muito serena e próxima dos pais, passe por tantas transformações durante a adolescência que acaba se comportando como se fosse outra pessoa.

A adolescência é o período do desenvolvimento humano mais conturbado, em que o indivíduo passa da dependência para a independência, autonomia e maturidade. É nesse momento que o jovem se desloca de um grupo familiar para um grupo de pares, além de desejar passar um tempo sozinho como adulto.

A forma como cada um vivencia a adolescência depende do gênero, do grupo social e da geração, podendo variar bastante de cultura para cultura. Porém, o que vemos de comum nos jovens é incrivelmente fácil de ser percebido: uma profunda mudança no humor, transformações no corpo, uma necessidade irrefreável de pertencer a algum grupo (ou vários) e o aparecimento da sexualidade.

Essas muitas mudanças podem ser classificadas em vários tipos: biológicas, cognitivas, psicológicas, sociais, morais e espirituais. O adolescente se depara com desafios enormes em todas essas áreas, e precisa lidar com tudo isso durante os anos mais difíceis da vida escolar e social. Não é fácil mesmo.

Você já deve ter percebido que, no início da adolescência, a tendência é que o jovem se sinta mais seguro próximo dos amigos com quem mais se identifica — normalmente eles são do mesmo sexo. Afinal de contas, eles também estão passando pelas mesmas transformações, e isso gera uma conexão maior.

Alguns dos pensamentos mais comuns da adolescência são: “mas o que eu faço agora?”, “por que isso está acontecendo justamente comigo?”, “tenho certeza que [um professor ou colega da escola] está me perseguindo”, “ninguém me entende”, “meus pais são um saco”, seguidos de rompantes de choro ou raiva, e uma sensação quase constante de que “algo no mundo não está certo”.

Como conviver melhor com os adolescentes?

Se a pessoa for capaz de entender o que está acontecendo no cérebro e no corpo do adolescente, torna-se mais fácil ter empatia e compreender melhor todos conflitos internos que o adolescente passa.

Um aspecto muito importante é que a adolescência é um período caracterizado por reatividade emocional e uma alta intensidade de resposta emocional. Em outras palavras: as reações a qualquer tipo de experiência são mais fortes, e o indivíduo realmente sofre mais do que qualquer outro ser humano de outras idades. Isso acontece não porque ele quer agir assim, mas porque seu cérebro está o levando a agir dessa forma.

Imagem: jacoblund / iStock / Getty Images Plus

Matérias Relacionadas

Como o Coaching Pode Melhorar os Estudos das Crianças e Adolescentes
O que professores podem fazer para seus alunos desenvolverem a Inteligência Emocional?
Criança birrenta: como lidar com as birras no dia a dia