Menu Categorias
Fases da Adolescência

Fases da Adolescência

Por: Marcia Belmiro | Adolescentes | 29 de junho de 2018

Ao mesmo tempo complexa, a adolescência pode ser considerada como uma das etapas mais extraordinárias da vida de um indivíduo. Isso porque é, em grande parte, nela que se formam as primeiras identidades e traços mais marcantes da personalidade. Caracterizada por ser uma época de alta instabilidade, é quando se busca o amadurecimento e o encontro consigo.

Com tantas nuances, nada mais natural do que a adolescência também ser um período bem pontuado por fases específicas. Afinal, não se faz uma transição da infância para a fase adulta da noite para o dia, nem em grandes saltos. Compreender as características que envolvem cada fase da adolescência é fundamental para uma relação segura e produtiva com os jovens. Neste aspecto, as técnicas do Método GrowCoaching®, principalmente utilizadas nos processos integral (junto ao adolescente e seu núcleo familiar) e escolar (junto à comunidade acadêmica), são como um tiro certo no alvo, na direção da solução de diversos conflitos comuns a cada etapa.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define adolescência como sendo o período da vida que começa aos 10 anos e termina aos 19 anos completos. Para a OMS, a adolescência é dividida em três fases: a pré-adolescência, que vai dos 10 aos 14 anos, a adolescência em si, abrangendo dos 15 aos 19 anos, e a juventude, dos 15 aos 24 anos, concluindo o ciclo que liga a infância à adultez.

A pré-adolescência é marcada pelo fenômeno da puberdade, quando nasce a intimidade do indivíduo e o despertar do próprio “eu”, quando se reconhece a crise do crescimento físico, psíquico e a maturação sexual. Por outro lado, não há ainda clareza daquilo que se está enfrentando. É a primeira vez que o indivíduo toma consciência de suas limitações e fraquezas, e se sente indefeso por causa delas.

O desequilíbrio emocional também está presente e se reflete na sensibilidade e irritabilidade exageradas. O adolescente não busca sintonia com o universo dos adultos e acaba, muitas vezes, se refugiando no isolamento ou em um grupo de amigos.

Na fase que a OMS chama de adolescência (15 aos 19 anos), a pessoa passa do despertar do “eu” para a descoberta consciente do “eu”, ou da própria intimidade. A introversão tem agora um lugar mais evidente, pois o adolescente médio sente necessidade de viver dentro de si mesmo. Por essa razão, a timidez é tão característica desta etapa. É aqui, por exemplo, que surge a necessidade de amar e a vivência do “primeiro amor”, ainda que ele seja platônico.

Os conflitos internos desta fase são explicados, basicamente, pelo medo da opinião alheia, motivado pela desconfiança em si mesmo e nos outros, mas também por um sentimento de inconformismo e agressividade, provocados pela frustração de ainda não poder responder por si mesmo.

Já na juventude, etapa final da adolescência e início da fase adulta, o indivíduo começa a se compreender e percebe mais claramente a sua integração no mundo onde vive. Apresenta um significativo progresso na superação da timidez e mostra-se menos vulnerável às dificuldades. Não à toa, este período coincide com a época de tomar decisões: futuro, estudos, profissão. O jovem, de fato, começa a projetar a sua vida e estabelece relações mais pessoais e profundas.

Em todas as fases da adolescência, o processo de TeenCoaching pode trazer uma grande contribuição ao desenvolvimento juvenil, por proporcionar clareza sobre o que está acontecendo e propor o encontro com um planejamento singular para que esses jovens alcancem o que precisam. Em cada uma das etapas, por serem diferentes lutas, o Coaching atua de forma bem específica e pontual, auxiliando os jovens a terem mais equilíbrio, autorresponsabilidade, autoestima e confiança.

Matérias Relacionadas

Egocentrismo infantil: o que é e como ajudar a criança
A insatisfação do adolescente com a própria aparência
Excesso de informação e adolescentes: como gerenciar?