COACHING INFANTIL: Saiba porque e como funciona na transformação de famílias e escolas

COACHING INFANTIL: Saiba porque e como funciona na transformação de famílias e escolas

Por: Marcia Belmiro | Crianças | 07 de Maio de 2018

O Coaching enquanto processo, técnica e metodologia teve sua inserção há menos de 20 anos no Brasil e, desde então, sua aplicação vem crescendo exponencialmente. O mercado de atuação para coaches formados está em constante expansão no país e esta profissão vem se popularizando – inclusive recentemente uma novela famosa vem abordando essa profissão através de um personagem que irá iniciar uma carreira de Coach!

Se o Coaching enquanto processo aplicado a adultos e executivos ainda é tão recente no país – veio importado de grandes potências como os Estados Unidos e países da Europa, onde já é uma profissão fortemente consolidada – mais recente ainda é o Coaching para crianças. Este último se apresenta também enquanto um processo, com um conjunto de técnicas e ferramentas e princípios básicos, assim como o primeiro, no entanto possui características que o diferencia imensamente do Coaching aplicado no universo adulto.

A primeira diferença primordial é que o Coaching Infantil e o Método que o sustenta -chamado Método KidCoaching®– foi criado pela brasileira Marcia Belmiro a partir de toda sua experiência de atuação no universo infantil e no universo do Coaching, bem como de pesquisas exaustivas e experiências de validação para a consolidação de técnicas e ferramentas especificamente desenvolvidas para a realidade da criança. Encontramos também metodologias de Coaching aplicado a crianças em países de língua inglesa, tais como Estados Unidos e Inglaterra, no entanto o processo de Coaching aplicado a crianças nesses lugares mostrou-se inaplicável a realidade da infância no Brasil e em outros países de língua portuguesa, por encontrarmos uma grande distância cultural na forma como enxergamos, trabalhamos e lidamos com a infância.

Desta maneira, o Coaching Infantil foi desenvolvido no Brasil levando em consideração as especificidades da nossa própria realidade cultural e social, os principais desafios que pais, professores e demais profissionais que trabalham com a infância enfrentam no nosso país, bem como levando em consideração também as singularidades do contexto infantil quando colocado em contraste com a realidade do mundo adulto.

Entramos então na segunda diferença primordial do modelo clássico do Coaching para o Método KidCoaching: trabalha com a família ou com a escola (ou seja, trabalha com todo um contexto onde se insere a criança, não apenas com a própria) para potencializar o desenvolvimento saudável da criança.

Ainda, o Coaching Infantil não visa a “adultização” da criança, o Coaching Infantil não é um “treino” para que a criança vire uma “máquina de resultados” e o Coaching Infantil não está focado no aumento da produtividade, como estaria por exemplo o Coaching Executivo!! O Método KidCoaching® foi criado para que a criança seja criança! Assim, são utilizadas ferramentas e técnicas exclusivas e lúdicas para favorecer o desenvolvimento natural e saudável das crianças, levando em consideração aptidões e interesses únicos de cada criança.

Então passemos ao ponto chave deste artigo: Afinal, como funciona o Coaching para Crianças?? Já apontei diversas pistas ao longo do texto sobre como se dá esse trabalho e como não pode se dar esse trabalho. Agora vou trazer mais especificamente para você uma explicação mais técnica das duas maneiras que o Método KidCoaching® pode funcionar e transformar a realidade – muitas vezes estressante e desgastante – de famílias, escolas, professores, pedagogos, etc : a aplicação do Método Formal & a aplicação do Método Informal.

O Método Formal possui uma Estrutura de Sessões específica, onde um profissional formado e qualificado – o KidCoach – irá atender a uma família e numa inserção de parceria junto a esta família irá trabalhar para que este sistema encontre as melhores soluções para resolver as questões que ali se apresentam. Neste formato, o Método é indicado no trabalho com crianças a partir dos 7 anos de idade até mais ou menos os 13 anos de idade.

 

Na modalidade do Método Informal é possível utilizar das técnicas fornecidas a partir dos 2 anos de idade – momento onde verificamos mais fortemente a presença da linguagem na vida da criança. Neste formato, pais, educadores e demais profissionais podem se beneficiar imensamente na criação e cuidado das crianças, uma vez que o adulto se torna capaz, a partir do uso das técnicas, de lidar com a criança de forma a passar a mensagem que deseja e obter a atenção e respeito da criança sem que seja necessário recorrer às antigas formas de disciplina como gritos, palmadas e castigos.

É por isso que a criadora do Método KidCoaching® Marcia Belmiro costuma dizer: “Os melhores coaches para as crianças são seu pais!”. Onde está dito “pais”, podemos entender cuidadores, familiares próximos e pessoas que participam da criação da criança com o cuidado amoroso. Essa frase toma sentido a partir do momento que entendemos o funcionamento do Coaching Infantil: trabalhar a criança para ser criança!

 

ACHOU ESSE ASSUNTO INTERESSANTE? GOSTARIA DE SE APROFUNDAR MAIS EM COMO FUNCIONA O COACHING PARA CRIANÇAS? Veja esse vídeo da aplicação do Método Informal pela criadora do Método KidCoaching® Marcia Belmiro:

Sessão informal de Kids Coaching com minha sobrinha Duda

 

                      

Matérias Relacionadas

Recolocação profissional: como se planejar
Dar mesada aos adolescentes ajuda ou atrapalha?
Simulação do modelo das Nações Unidas, o que é?