Cinco dicas de brinquedos para o Natal

Cinco dicas de brinquedos para o Natal

Por: Marcia Belmiro | Crianças | 13 de dezembro de 2019

Neste Natal, que tal sair do lugar-comum no quesito presentes para as crianças? Com as nossas indicações, sua árvore vai ter mais que brinquedos: vai ter afeto, histórias divertidas e boas lembranças para todos. Na manhã de Natal, com toda a família reunida, essas atividades vão ser a maior diversão! Confira aqui:

  • Brinquedos construídos pelas crianças. Objetos simples e que existem em toda casa, como rolos vazios de papel-alumínio, caixas de papelão e isopor têm o poder de despertar a criatividade em crianças e adultos, transformando-se em uma infinidade de brinquedos diferentes – e todos interessantes, pois foram criados pelos próprios pequenos. Outras opções de diversão produzida pelas crianças: capas de almofada ou camisetas lisas e tinta de tecido para customizá-las; papéis coloridos, lápis e tesoura; massinha caseira feita com farinha.
  • Livros. Uma ótima ideia para garantir momentos divertidos em família é dar livros de presente. Há histórias que estimulam especialmente o afeto e a união entre pais e filhos, como O mundo inteiro, Pra mim e pra você, Bebegrafia – Uma odisseia gráfica do primeiro ano de nossos filhos, Meu pequenino e Quero colo.
  • Brincadeira de teatro. Aqui, mais uma vez, a ideia é que o protagonismo seja das crianças. Com papéis e lápis de cor eles podem desenhar seus personagens. Depois de cortadas, é só colar as figuras em um palito de sorvete e pronto: temos o melhor teatro de fantoches de todos. Outra opção: Separem roupas coloridas, chapéus e outros adereços para todos criarem seus personagens, e partam para a ação.
  • Instrumentos musicais. A música favorece muito o raciocínio abstrato, a criatividade, o ritmo e a coordenação motora. Não precisa ser nada caro, o importante é dar o primeiro estímulo, provocar a curiosidade na criança. Em lojas de brinquedo pode-se encontrar facilmente opções como pandeiro, xilofone, reco-reco e tambor. Além disso, dá para produzir em casa instrumentos como chocalhos (com garrafinhas vazias e arroz cru).
  • Jogos de tabuleiro. A partir dos 5 anos, atividades estruturadas como jogos em conjunto são importantes para a criança desenvolver a noção de regras coletivas. Os jogos em que todos ganham são os melhores, como Dixit e Imagem&Ação.

Bônus: Em vez de dar algo material, que tal presentear seus filhos com um momento em família, como um passeio diferente, uma caça ao tesouro ou uma viagem?

                      

Matérias Relacionadas

Meu filho não quer tomar banho, e agora?
Perda dos pais na adolescência: como lidar?
Riscos e benefícios do home office e home based